ENQUADRO 1

ENQUADRO CAPÍTULO I: DOMINGAS

Um ensaio coletivo chamado Enquadro. Uma HQ Urbana que conta tudo sobre Domingas,uma costureira do Brás que, em pleno sábado de carnaval, costura uma fantasia especial.

casadalapa
Alessandra Domingues + Fernando Coster + Julio Dojcsar + MaysaLepique + Newber + Pedro Noizyman + Rafaella Costa + Sato + SilvanaMarcondes + Simon Simantob + Thiago Dottori + Tuca Paoli + Will Robson +Willem Dias + Zeca Caldeira
aliados.
Achiles Luciano + Alexandre Marcondes + André Collazzi + Cacá + Chã+ Cristóbal Diez + Daniel Greco + Eddie Louis Jacob + Edna Aguiar + EuricoRocha + Fabiana Prado + Geandre Tomazzoni + Inês Sanches + Kodó + LucianaBenatti + Luciana Cunha + Macarrão + Marcos Vilas Boas + Marie Hippenmeyer +Marina Novaes + Mundano + Nomies + Ozi + Pedrão Guimarães + Peetssa +Projeto Matilha + Tuco

Entre maio e junho de 2008 um grupo de mais de 40 artistas paulistanos (além dos componentes da casadalapa, diversos artistas convidados) se reuniu nas ruas do Brás para contar a história da personagem Domingas.

A história de Domingas é uma história de ficção criada coletivamente. A idéia do projeto Enquadro, como conceito, é retratar a vida de personagens ligadas aos bairros paulistanos. Por isso, a pesquisa por lugares e por personagens ligadas a esses lugares. O Brás e sua história ligada à costura. O Brás como um bairro histórico e representativo das muitas transformações pelas quais São Paulo passa. Domingas. Uma típica costureira do Brás. Mas qual a história única dessa Domingas? A criação da nossa Domingas foi coletiva, fruto de diversas reuniões criativas com todos os artistas envolvidos, todos sugerindo idéias e temas para contá-la.

Domingas foi uma costureira do carnaval de São Paulo que teve o filho desaparecido depois de um desfile da Escola de Samba pelas ruas da cidade. Todos os anos, no meio do carnaval, ela volta ao lugar onde costurava suas roupas, com as medidas na cabeça, para se lembrar do filho, na esperança de que ele possa reaparecer a qualquer momento…

Dentro desse conceito do Enquadro, a história de Domingas foi contada utilizando-se do diálogo entre grafite, artes plásticas, webdesign, fotografia, vídeo, música e teatro, transformando o espaço público em cenário a céu aberto para uma HQ Urbana: desenhos nas paredes retratavam parte da sua história; uma atriz representava Domingas, enquanto uma equipe de vídeo gravava sua performance; uma equipe de áudio captava os sons do universo de Domingas e seus pensamentos em memória, de quando estava grávida, das medidas das roupas de seu filho; uma instalação com um fio de lã de mais de 100 metros tomou conta das ruas do Brás, indo desde uma fábrica até a estação de trem; uma foto gigante do seu lugar de trabalho se misturou ao cenário; mais de 15 crianças do bairro participaram da intervenção como parte de uma ala da escola de samba de Domingas; mais de 4 fotógrafos realizaram um ensaio fotográfico sobre a sua história; um curta sobre Domingas foi exibido na casadalapa no evento Mixtoquente totalmente dedicado a essa história, com exposição de seus figurinos e novas instalações…

Esse é o espírito do Enquadro e da casadalapa: encontrar um objeto artístico que possa detonar o processo criativo em artistas de áreas diferentes e que, sem um líder ou um diretor, todos contribuam de maneira coletiva. E a obra acaba por ser esse  corpo multi-mediático, em que as partes falem por si e pelo todo. Esse foi o primeiro episódio do projeto ENQUADRO.

O livro deste enquadro foi realizado através do Edital de Publicação de Livro de Arte, do PROAC – SP.

 

Anúncios